Leis que interferem no turismo são pauta da reunião de Conselho da Fecomércio-RS

O Conselho de Turismo da Fecomércio-RS, coordenado pelo vice-presidente da casa Manuel Suarez, se reuniu nesta quarta-feira, dia 08. O deputado estadual Marcel van Hatten estava presente no encontro e contou um pouco de sua trajetória profissional. O deputado afirmou que entre as defesas de sua gestão estão, a contrariedade aos projetos que aumentam a carga tributária e também àqueles que influenciam grandes reformulações na iniciativa privada do setor de hospedagem, bares e restaurantes, pois, na prática isso poderá acarretar em mudanças também para os hóspedes. “Temos que ter cuidado com os projetos de lei que se vendem por ‘favorecer o hóspede’ porque se a carga e a manutenção aumentam para o empresário quem acabará pagando será o cliente”, disse Hatten.

Para o deputado, o governo estadual deve cumprir, com qualidade, seu compromisso com setores básicos como a educação, saúde, segurança pública e infraestrutura, mas, principalmente não pode deixar de focar no setor de Turismo que produz riqueza para o Estado. “Temos que dar atenção para um setor que traz uma importante movimentação econômica para o Estado”, afirmou Hatten.

O gerente jurídico da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Ricardo Rielo, falou sobre a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, sancionada no último dia 06. O objetivo da lei é assegurar os direitos das pessoas com deficiência, promover a equiparação de oportunidades, dar autonomia a elas e garantir acessibilidade no País.

A lei, conforme Rielo, acarretará em diversas mudanças na área do turismo, dentre elas a regra de que os hotéis deverão oferecer uma cota de 10% de dormitórios totalmente acessíveis, além da disponibilização de boletos, contas, extratos e cobranças em braile. Segundo ele, os estabelecimentos deverão se adequar às novas regras de imediato. Do contrário, eles poderão sofrer interferências na construção, reforma e liberação de alvarás para seus empreendimentos.

O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, trouxe informações da 25ª edição da ExpoBento que aconteceu em junho e reuniu mais de 200 mil visitantes. A feira contou com 467 expositores e cerca de 35 milhões de negócios efetuados. Segundo Amadio, o segredo do sucesso da feira além de ter cumprido seu objetivo foram também os projetos desenvolvidos dentro dela. Entre eles, estava o Mesa do Vivo, um evento realizado pela revista Prazeres da Mesa, que consiste em ensinar receitas gastronômicas aos participantes, e o Wine Fashion, uma programação com palestras sobre moda e desfiles inspirados no vinho. O presidente afirmou que o objetivo do Sindilojas é buscar sempre prospectar eventos na cidade de Bento Gonçalves porque desta forma a cidade fomentará o turismo e a economia da região.

A diretora executiva do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS), Márcia Ferronato, falou brevemente sobre um projeto de desenvolvimento regional do turismo, implantado pelo sindicato em diversos municípios: o Tour da Experiência. Segundo Márcia, os empresários do setor turístico diferenciados são aqueles que geram experiências novas e emocionantes para os visitantes. Ela listou os principais objetivos do projeto desenvolvido nas entidades participantes. “Temos que conhecer onde queremos ir e o público que queremos buscar. Em cima disso, trabalhar os sentidos, surpreender, encantar, buscar o inusitado e transformar sonhos em realidade”, finalizou.


Comments have been closed.