Bemtur mostra desempenho do turismo na capital gaúcha em 2013

A arrecadação de tributos municipais pelo setor de Turismo em Porto Alegre alcançou R$ 27.189.476,39 em 2013, valor 21,4% superior a do ano anterior e 46,9% acima do total de tributos pagos em 2011. Quase 58% da arrecadação foi no segmento de hospedagem, que contribuiu com R$ 15.753.813,31, o equivalente a 57,94% do total da arrecadação no setor no ano. Em seguida, o segmento de agências de viagem, turismo e excursão com R$ 8.014.985,34 em recolhimentos ou 29,48% do volume total. As empresas de planejamento e administração de feiras e exposições arrecadaram R$ 3.420.677,74, ou 12,58% do total de ISS e Simples Nacional recolhidos por atividades em 2013. Os dados são do Boletim Estatístico Municipal do Turismo em Porto Alegre – BEMTUR 2013, produzido pela Secretaria Municipal de Turismo que, periodicamente, reúne e sistematiza informações fornecidas pela prefeitura (secretaria de Turismo e da Fazenda), Sindicato da Hotelaria e Gastronomia (SindPoa), Porto Alegre e Região Metropolitana Convention & Visitors Bureau, Infraero e Veppo, empresa concessionária da Estação Rodoviária Central. A hotelaria fechou 2013 com uma ocupação média de 53,04%, segundo aponta amostragem do Programa Realidade Hoteleira do SindPOA. Em relação a 2012, quando a taxa foi de 58,76%, representa uma redução de 9,7% na ocupação. Se considerado o número absoluto de apartamentos ocupados ao longo de 2013, a diferença cai para 7,47%. Em 2013, foram agregados 203 novos apartamentos (343 leitos) à oferta hoteleira local, um aumento de 2,5% no número de unidades habitacionais em relação a 2012. O mês que se destaca é outubro, quando 67,52% dos apartamentos foram ocupados. Esta não foi apenas a maior taxa de ocupação em 2013, mas também a mais elevada para o mês de outubro desde 2011. Outro destaque foi a distribuição da ocupação hoteleira entre os dias da semana. Embora a variação tenha sido negativa em todos os dias do ano, em relação a 2012, e mesmo que os finais de semana apresentem, historicamente, uma baixa na ocupação dos hotéis, em 2013 sábado foi o dia com a menor variação negativa (-7%) na taxa média de ocupação, na comparação com o mesmo dia da semana em 2012. Em períodos de eventos ocupação ultrapassa 90% Entre os seis meses de 2013 com taxas de ocupação hoteleira acima da média do ano destacam-se agosto (61,73%) e outubro (67,52%). Em agosto as maiores taxas ocorreram entre os dias 20 e 22 (de 76,96% a 81,25%) quando acontecia a Expoagas e o VIII Simpósio de Direito Imobiliária, e de 27 a 29 (85,46% a 92,84%), período da Courovisão e no qual estava em andamento a 36ª Expointer. Em outubro, em três momentos a ocupação de apartamentos superou os 90%: de 8 a 10, época dos Congressos Brasileiros de Toxicologia e de Clínica Médica (78,5% a 92,39%). Entre 15 e 18, período do Encontro Nacional dos Comitês de Bacias Hidrográficas, da feira Autoparts, do início do Campeonato Mundial de Atletismo Master e do Congrelab (70,65% a 92,82%); e entre 22 e 24, quando prosseguia o evento mundial de atletismo e a cidade recebia a 1ª Conferência Brasileira de Turismo Criativo, o Fórum Brasil de Energia e Logística e a Semana Industrial Gaúcha (79,73% a 94,43% de ocupação). A edição completa dos dados consolidados de 2013, bem como os volumes independentes dos três quadrimestres do ano, estão disponíveis nos endereços www.portoalegre.rs.gov.br/turismo (seção Pesquisas e Informativos) e www.portoalegre.travel (área de downloads).


Comments have been closed.